Fundos de ações: conheça os 5 melhores dos últimos 12 meses

Tempo de leitura

3 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Os fundos de ações podem ajudar o investidor a fazer os primeiros investimentos em renda variável

Podemos observar que cada vez mais as pessoas estão buscando investimentos que tragam rentabilidade maior que a poupança. Essa busca é até bastante simples, visto que boa parte dos produtos financeiros disponíveis no mercado conseguem superar seu rendimento. 

No entanto, pela variedade de produtos disponíveis, os investidores que possuem pouca experiência no mercado acabam optando por alocar seus recursos nos fundos de investimento

Desse modo, ao aplicar dinheiro em um fundo, os investidores não compram apenas um produto financeiro diretamente, mas, na verdade, uma cota de um fundo, em que a gestora realiza a administração da carteira, decidindo em quais produtos financeiros os recursos investidos serão aplicados. Por fim, os rendimentos obtidos pelo fundo são repassados aos investidores. 

Você também pode gostar: 5 dicas para investir em fundos de ações

Os melhores fundos de investimento

Existem diversos tipos de fundo de investimento, no entanto, o foco deste artigo é nos fundos de ações, ou seja, aqueles onde a gestora aplica o dinheiro alocado no fundo, em ações negociadas na bolsa de valores, com variadas estratégias, podendo trazer maior ou menor rentabilidade.

Os resultados foram positivos, considerando o período de instabilidade do mercado financeiro, evidenciando o bom gerenciamento dessas carteiras de investimentos.

Você pode ter acesso a relatórios que mostram um pouco da performance das ações contidas nesses fundos. Seja um membro Vip na plataforma Lounge e aproveite!

Sendo assim, abaixo, estão listados os 5 fundos de investimento que tiveram a maior rentabilidade para os investidores nos últimos 12 meses (cálculo realizado entre junho/2021 até maio/2022). 

Trígono Delphos Income: 17,18%

O fundo, gerido por Werner Mueller Roger, gestor do Trígono Capital, surgiu em 20 de abril de 2018. Atualmente, o fundo possui R$349,1 milhões em patrimônio líquido e, nos últimos 12 meses, apresentou rendimento de 17,18%. 

O Trígono Delphos visa investir em ações de empresas que possuem histórico de distribuição de dividendos, assim como de juros sobre capital próprio (JCP). Além disso, possui como principal benchmark o US Equity Cumulative Dividends Fund (IDIV).

Sendo assim, o Trígono Delphos busca empresas que possuam o potencial de remuneração futura de seus acionistas através de proventos, sem haver qualquer restrição de atividade econômica ao selecionar ações. 

Importante destacar que o fundo também seleciona ações de empresas que possuem potencial de proporcionar ganho de capital através de valorização no longo prazo.

Absolute Pace Long Biased: 13,03%

Com um patrimônio líquido de R$676,50 milhões e rendimento de 13,03% nos últimos 12 meses, o fundo Absolute Pace Long Biased atua no mercado de ações através de posições compradas, vendidas e de valor relativo. 

No entanto, complementarmente, o Absolute Pace Long Biased também aproveita algumas oportunidades para investir em outras classes de ativos, como moedas, juros e commodities. 

Nesse sentido, para definir a estratégia de investimento em ativos, é utilizada uma abordagem fundamentalista alinhada a uma abordagem macro, buscando calibrar a exposição e demais fatores de risco. 

Com isso, o fundo tende a proporcionar ganhos de capital sem que necessariamente apresente correlação com índice de ações.

Navi Compass FIC FIA: 9,74% 

Atualmente, o fundo possui um patrimônio líquido de R$163 milhões e apresenta uma rentabilidade de 9,74% nos últimos doze meses. A carteira do fundo é composta por, ao menos, 67% de ações compradas, utilizando como base a análise fundamentalista para seleção dos papéis.

O Navi Compass FIC FIA é gerenciado pela Navi Capital, fundada em 2018, sediada no Rio de Janeiro, possuindo mais de R$5 bilhões em ativos sob gestão. Atualmente, possui mais de 35 colaboradores, onde seus principais executivos são Felipe Campos (Gestor), Waldir Serafim (Gestor) e João Aragon (COO).

Trígono Verbier: 8,83%

Com gerenciamento da Trígono Capital, o Trígono Verbier possui R$253,4 milhões em patrimônio líquido, apresentando, nos últimos 12 meses, um rendimento de 8,83%. O fundo busca proporcionar aos seus cotistas rentabilidades superiores ao Índice Ibovespa (IBOV), embora não busque perseguir alta correlação com este.

Assim como o Trígono Delphos, o público alvo do fundo é voltado para investidores em geral, no entanto, se encaixa melhor com aqueles que possuem um perfil de risco arrojado ou agressivo.

Charles River: 8,45%

Charles River é a quinta maior rentabilidade entre os fundos de ações nos últimos 12 meses, com rendimento de 8,45%. O fundo possui um patrimônio líquido de aproximadamente R$150 milhões. 

Importante destacar que, Charles River possui como política de investimento a identificação de ações utilizando análise fundamentalista de ativos, buscando por ativos cujos preços sejam consideravelmente inferiores ao seu valor intrínseco.

Em suma, o fundo busca trazer retornos consistentes no médio e longo prazo. Embora a alocação de investimento seja realizada no mercado de ações, o fundo Charles River não busca nenhuma correlação com o Ibovespa ou qualquer índice de ações específico.

É importante dizer que este material não se trata de recomendação de investimento mas sim para que você conheça um pouco mais de toda a diversidade que o mercado financeiro pode oferecer.

Veja também no vídeo quais são os 5 melhores fundos de ações em 36 meses!

Você tem alguma dúvida sobre como investir em fundos de ações? Preencha o formulário abaixo, e converse com um dos especialistas de nossa empresa parceira.