Vale a pena investir no metaverso?

Tempo de leitura

3 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Muitos investidores têm ouvido falar sobre o metaverso, mas será que vale a pena investir? 

Um novo termo tem sido amplamente comentado entre diversos setores do mercado financeiro: metaverso. A nomenclatura descreve a junção da realidade física e a virtual, porém, mais do que uma novidade do mundo da tecnologia, ela tem se mostrado como uma alternativa de investimento.

O Facebook, uma das maiores companhias do mundo no segmento de tecnologia, mudou o seu nome para Meta ao final do ano de 2021, mas essa alteração não representou apenas a forma como a empresa será chamada, mas também a inserção da mesma no metaverso

Para isso, a companhia divulgou que iria investir cerca de US$10 bilhões na criação de um ambiente imersivo através da internet.

Outras grandes empresas também seguiram essa tendência, anunciando que estão trabalhando para se introduzir no metaverso. Algumas são: Budweiser, Microsoft e Nike, por exemplo. 

Mas, afinal, seria o metaverso uma promissora alternativa de investimento para os investidores?

Seja um membro Vip na plataforma iHUB Lounge e tenha acesso a e-books e cursos que vão te ajudar a investir melhor. O cadastro é gratuito clicando aqui.

Vale a pena começar a investir?

Quando se trata de investimentos, é preciso analisar os riscos que estão associados a ele. Investir no metaverso, nesse caso, deve ser visto da mesma forma. Embora seja uma área vista com bons olhos por muitos especialistas, ela também demanda alguns pontos de atenção.

Como toda nova tecnologia e, consequentemente, um novo segmento para investir, se demanda tempo e estudos dos potenciais investidores. 

Além do Facebook, existem concorrentes no setor, como a Roblox e outras companhias interessadas. Qual deles será o vencedor dessa “corrida”, é muito complicado de se afirmar.

É importante  levar em conta que o metaverso tem contado com grandes empresas com relevante volume de capital que estão acreditando no seu potencial. A Roblox, por exemplo, concorrente direta do Facebook nesse segmento, tem um valor de mercado atual de quase US$20,46 bilhões, o que corresponde a R$94,58 bilhões.

A sua empresa controladora tem capital aberto no mercado de ações Nasdaq, uma das maiores bolsas do mundo, apenas atrás da Bolsa de Valores de Nova York. A Roblox possibilita que os seus usuários criem e façam a distribuição de jogos online nas redes, através de uma plataforma com “peças de lego”.

Como investir no metaverso?

O investimento no metaverso de forma direta pode atrair mais riscos aos investidores, visto que isso demanda maior volume de capital para desenvolver um único projeto nessa área. Sendo assim, investir em empresas ligadas ao setor, através da compra de ações, pode ser um caminho mais seguro e simples a ser seguido.

A possibilidade de comprar ações relacionadas ao metaverso, como Microsoft, Meta e Nvidia, entre outras, por exemplo, fazem com que o investidor se exponha ao setor mas de maneira indireta e com maior diversificação de seu capital para investimentos.

A compra das ações de empresas do metaverso pode ser feita de forma direta na bolsa de valores americana ou pela própria bolsa brasileira, a B3. No caso de investimentos no Brasil, a cota das ações dessas companhias podem ser adquiridas na forma de BDRs.

Leia também: Mercado de BDRs no Brasil cresce em 2021

BDR é uma sigla que vem do inglês “Brazilian Depositary Receipts”. Se tratam de títulos que reproduzem ações de empresas de outros países, como os EUA. Basicamente, é uma maneira de investir em companhias do exterior em reais, possibilitando assim uma alternativa de se expor a um investimento no metaverso com a moeda nacional.

Você tem o desejo de saber mais, ou até mesmo fazer um investimento no metaverso? Preencha o formulário abaixo e converse antes com um especialista da iHUB Investimentos, empresa parceira do iHUB Lounge.