Quanto custa manter um carro no Brasil?

Tempo de leitura

4 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Saiba o custo de manter um carro no atual momento, e as alternativas para o seu dinheiro 

O carro é o sonho de muitos brasileiros desde muito cedo. Contudo, alcançar essa conquista pode ser bem mais difícil do que o esperado, já que os custos em geral podem ser comparados a ter um filho. Mas afinal, quanto custa manter um carro em 2022 no Brasil em meio aos aumentos da inflação?

Entenda mais: O que é inflação e como ela afeta o seu bolso?

O custo para manter um carro zero quilômetro no país pode superar R$1.700,00 ao mês para o consumidor brasileiro. Além disso, é preciso considerar as perdas de deterioração e gastos com manutenção. Imagine ter um Hyundai HB20 zero, que em 2021 era considerado o carro mais vendido no país.

Na época, o modelo podia ser encontrado por R$61.890. Vamos levar em consideração que o carro deve desvalorizar em torno de 10% ao ano desde a sua compra, logo o mesmo irá perder um valor de R$515,75 ao mês.

Dentre outros gastos, temos o seguro, que custa em média 5% do valor do carro, que nesse caso, custaria cerca de R$3.094 ao ano. Também deve ser contabilizado os gastos com IPVA, em torno de R$2.475. Até esse momento, o proprietário do veículo já gastou em média R$11.758 em um único ano. Se somar os rendimentos que o valor do carro teria se fosse aplicado pela taxa Selic, R$8.200, a soma beira os R$22.000,00 por ano.

Não levamos em consideração os custos com documentação que são pagos apenas uma vez, mas considerando possíveis gastos com revisão ao final do ano, por exemplo, a soma pode facilmente atingir R$25.000 por ano. Isso sem contabilizar possíveis juros de um eventual financiamento que são consideravelmente altos.

Alta do combustível impacta nos custos para manter um carro

O preço médio do litro da gasolina fechou o mês de maio a R$7,54. Este valor resultou em uma alta de 0,67% no comparativo com o mês de abril. Por outro lado, o etanol continua registrando altas mais expressivas em relação à gasolina. Este encerrou o mês a R$6,12, alta de 3,14%, se comparado ao mês anterior. Os dados são do último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

Você também pode gostar: Como investir com apenas R$100,00?

De acordo com a pesquisa, nenhuma das regiões brasileiras apresentaram recuo no valor dos dois combustíveis. O Nordeste segue liderando com o maior preço médio para a gasolina, comercializada a R$7,64, com alta de 0,80% em relação a abril. A menor média para esse combustível foi registrada nos postos da Região Sul, a R$7,19.

Isenção do IPVA pode ajudar a economizar nos custos de manutenção de um carro

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) consiste em uma taxa sobre a propriedade de veículos automotores. Esta deve ser paga anualmente para viabilizar a construção e manutenção das estradas no Brasil.

Por outro lado, cada estado possui suas regras para conceder isenção a alguns automóveis. Geralmente, elas variam entre veículos com 10 a 20 anos de fabricação. Por isso, alguns modelos estarão isentos do IPVA em 2023.

Seja um membro Vip na plataforma Lounge e aprenda a fazer os seus primeiros investimentos agora mesmo! O cadastro é gratuito clicando aqui.

Entre os estados de Goiás, Rio Grande do Norte e Roraima, estão isentos os veículos com 10 anos de fabricação ou mais. Já para os estados de Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins, a isenção é para veículos com 15 anos de fabricação ou mais. Para o Mato Grosso, a isenção é aplicada em veículos com 18 anos de fabricação ou mais.

As regras para isenção do IPVA para os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Acre e Rio Grande do Sul, funcionam para veículos com 20 anos de fabricação ou mais.

Por fim, os veículos produzidos até o ano de 1985 em Santa Catarina são isentos do IPVA, já em Minas Gerais e Pernambuco a isenção é aplicada de forma progressiva conforme o ano do automóvel.

Outra opção além do carro próprio

Ao se colocar na ponta do lápis, os gastos mensais com o carro próprio podem ser comparados ao de se ter um filho. Isso sem contar os gastos com combustível, já que a gasolina está chegando perto de R$8 o litro. Também deve ser levado em consideração os pneus que devem ser trocados já que os mesmos gastam no decorrer do tempo.

Por outro lado, há opções mais viáveis disponíveis diretamente do seu celular, em aplicativos como Uber, 99, táxi, entre outros.

Se o seu custo de movimentação mensal for por volta disso, esta é uma forma de manter o capital, sem depreciação, além de estar livre de imprevistos como, manutenção, eventuais batidas ou furtos nos quais precisa arcar com a franquia do seguro etc.

Caso a sua conta de Táxi, Uber, Cabify não ultrapasse os gastos de um veículo e você não faça questão de ter seu próprio carro, essa é uma opção a ser levada em consideração na hora de construir um patrimônio.

Assim, se tem mais opções para tentar driblar os altos custos para manter um carro no Brasil em 2022, o que pode ser mais favorável ao consumidor preocupado com a sua saúde financeira.

Você tem dúvidas sobre qual a melhor forma de equilibrar as suas finanças e os seus investimentos? Preencha o formulário abaixo, e um dos especialistas de nossa empresa parceira entrará em contato!