O que é Taxa Selic e CDI?

Tempo de leitura

3 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Entender o que é a taxa básica de juros é essencial para fazer bons investimentos

O Banco Central tem um comitê chamado “Comitê de Políticas Monetárias”, responsável pelo controle da inflação. Ou seja, quando a inflação está muito alta, eles podem aumentar os juros para diminuir o poder de compra das pessoas justamente para controlar a inflação, impedindo que os preços continuem subindo.

A mesma medida pode acontecer se a economia está com inflação muito baixa, porém ao contrário. Quando o COPOM diminui os juros ele está incentivando as pessoas a consumirem, gastarem mais. 

Leia mais: Como a inflação afeta os investimentos?

Esses juros são a famosa Selic, a taxa básica de juros do país. Ela é o custo do dinheiro para o nosso governo.

Existem duas taxas: a Selic Meta, essa que anunciam nas reuniões do COPOM e a Selic que é efetivamente negociada no mercado. 

Na época do governo Dilma Rousseff, a inflação estava alta, então houve aumento da taxa Selic e ela chegou a ficar por volta dos 14,25%. E quando a inflação foi controlada, o COPOM foi diminuindo gradativamente até que a taxa de juros chegasse a 6,5%.

Com o governo atual, o COPOM adotou uma medida expansionista, ou seja, para incentivar a economia foi diminuindo ainda mais a taxa Selic até chegar na mínima recorde, que foi de 2% ao ano. 

A partir do aumento recente da inflação, o COPOM está voltando a subir gradativamente essa taxa para tentar controlar a inflação. 

Confira mais sobre este conteúdo em nosso canal no Youtube:

Quais os impactos da Selic no dia a dia? 

A Selic vai pautar os juros do Brasil inteiro, seja nas compras parceladas ou nos investimentos. Quando pensamos nos impactos para o investidor, por exemplo, se você comprar um título do Tesouro Selic, você estaria emprestando o seu dinheiro para o governo, e será remunerado pela taxa Selic. A Selic remunera o Tesouro Selic, por exemplo.

Leia também: Como funciona o Tesouro Selic? 

O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é a taxa negociada entre os bancos. Uma taxa que os bancos cobram entre si quando um empresta dinheiro para o outro. O CDI é a taxa que remunera quem investe dinheiro no CDB ou títulos de crédito privado. Geralmente, quando você investe no CDB, verá um percentual do CDI.

Essa taxa é muito próxima da Selic, que você consegue encontrar informações no site da B3. Portanto, taxa Selic e CDI possuem valores próximos, porém, são diferentes.

Isso significa que, para saber quanto um CDB que pague 120% do CDI renderá, caso a taxa seja de 10%, por exemplo, basta saber quanto é 120% desses 10%, e chegar na taxa de remuneração deste período, ou seja, 20% de 10 é dois, e 120% é 10 + 2, o que resulta em 12% a.a.

Está ficando cada vez mais comum os títulos que são indexados ao CDI terem uma parte da taxa prefixada, ou seja, CDI + 1% CDI + 2%. Esse é um outro tipo de forma de se utilizar o CDI mais comumente utilizado nos créditos privados.

O CDI também é o principal benchmark da indústria de investimentos.

Você pode conferir outros materiais gratuitos do mercado financeiro através da plataforma Lounge. Faça o seu cadastro hoje mesmo e tenha acesso. 

Fique atento!

Benchmark é um parâmetro. Por exemplo, você pode ter algum fundo que tem como parâmetro o CDI, e se ele entregar um resultado acima do CDI, o gestor tem direito a ganhar uma taxa de performance porque a meta foi batida. 

Ficou com alguma mais alguma dúvida do que é a taxa SELIC E CDI? Preencha o formulário e converse com um dos nossos assessores.