Conheça 5 ações pagadoras de dividendos

Tempo de leitura

4 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Veja como você pode ter uma nova fonte de renda investindo em ações

Dividendos é uma palavra amada pelos investidores, afinal, quem não gosta de receber uma renda extra, não é mesmo?

Quando comecei a investir em ações, entrei pela porta das boas ações pagadoras de dividendos, pois, com o que eu recebesse delas, poderia comprar mais ações e diversificar melhor a minha carteira.

Com o passar dos anos, acabei migrando para outro perfil de investidor, mas as boas empresas pagadoras de dividendos ainda estão lá, só dividem o lugar com outras ações que possuem maior potencial de retorno a longo prazo.

Um fato importante é ter o conhecimento do lado defensivo que as ações de dividendos possuem. Ao distribuir proventos aos acionistas, a companhia “tira” o dinheiro de algo arriscado, que é reinvestir na empresa, para entregar aos acionistas, e estes poderão escolher onde alocar o seu capital.

Leia também: Vale a pena investir em ações? 

Quais são as melhores ações pagadoras de dividendos?

Responder essa questão é simples. São empresas que pagam com recorrência, com baixa necessidade de reinvestimentos dos lucros e, não menos importante, ações com seu preço abaixo do seu valor justo.

Sim, o preço importa. Não adianta você comprar uma vaca que te dá duas vezes mais leite que outra e pagar quatro vezes mais. É preciso comprar pelo preço certo, senão você pode acabar subutilizando o seu capital.

Falar é fácil, mas eu também quero mostrar! Por isso, separei as cinco ações que eu acredito que distribuirão muitos dividendos esse ano. Bora falar um pouco mais sobre cada uma delas!

  1. Banco do Brasil (BBAS3): Banco do Brasil com certeza você conhece! O banco mais antigo do país, com mais de 200 anos, é uma escolha boa para você que está iniciando, já que opera com alto deságio em relação ao seu preço justo. Este deságio, temos que lembrar, se deve ao fato de que a empresa é controlada pelo Governo Federal, podendo ter um conflito de interesse entre o acionista majoritário e os minoritários, que somos nós. 

Mesmo assim, o banco é uma instituição sólida, sendo o maior financiador bancário para o setor agro do Brasil. Além disso, é preciso lembrar que o agronegócio em 2021 representou aproximadamente 25% do PIB total do país! É muita coisa, não?

Dois indicadores que me ajudam a escolher esta ação como boa empresa são o P/VP (relação entre o preço e o valor patrimonial contábil da empresa) que está em 0,75, e o ROE (relação do lucro com o patrimônio líquido) que está perto de 14,50%.

Você também pode gostar: Conheça os planos do CEO do Banco do Brasil para o futuro da instituição 

  1. BB Seguridade (BBSE3): A BB Seguridade é a seguradora que trabalha dentro do balcão de negócios do Banco do Brasil. Mesmo a empresa tendo como acionista majoritário o BB, ela é uma das melhores seguradoras do país. 

Seu principal foco está na comercialização de seguros, sendo os principais: seguros rural, residencial e empresarial, nas operações de previdência privada e gestão de recursos, por meio da sua gestora e através da corretora, responsável por fazer a venda de todos esses produtos que são originados pela companhia.

Dois indicadores que mostram a força da empresa é o ROE, que se encontra acima de 50% (número incrível!), e o índice P/L (relação do preço de mercado da empresa e seu lucro nos últimos 12 meses) que está em aproximadamente 12.

  1. Copel (CPLE6): A Copel (Companhia Paranaense de Energia), é uma empresa que atua no ramo de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica majoritariamente no Estado do Paraná, ou seja, ela atua em todas as frentes do setor elétrico.

Isso faz com que ela consiga melhorar seu custo/benefício, pois assim consegue diluir seus riscos. Mesmo possuindo o risco por ser estatal, considero-a uma das empresas mais baratas do setor elétrico.

Dois indicadores que mostram o que acabei de dizer sobre ela estar descontada é a sua relação P/L, que está levemente acima de três (sim, em 3 anos de lucro ela consegue gerar todo o seu preço de mercado) e o P/VP próximo de 0,90.

Você pode ter acesso a relatórios que mostram o desempenho de outras ações pagadoras de dividendos. Se inscreva na plataforma Lounge, é gratuito clicando aqui.

  1. Petrobras (PETR4): Amada por alguns, odiada por outros, é impossível não citar a Petrobras como uma boa empresa para pagar proventos este ano, mesmo existindo o risco político envolvido. 

A empresa tem se beneficiado muito com a alta do petróleo, além da alta do dólar, e segue aumentando sua eficiência no seu segmento mais eficiente: a produção de petróleo no pré-sal. 

A nova política de dividendos da Petrobras irá favorecer muito quem gosta de dividendos, pois distribuirá com boa periodicidade (trimestralmente) boa parte do caixa gerado através de suas operações.

Dois indicadores que mostram a oportunidade é o seu P/L de, aproximadamente, quatro, e o seu DY (Dividend Yield, que é a relação entre os proventos distribuídos pela empresa com o seu preço de mercado) dos últimos meses que foi de 16%, ou seja, ela distribuiu 16% do seu valor de mercado em proventos aos seus acionistas.

  1. Taesa (TAEE11): É impossível falar de ações de dividendos e não falar da mais queridinha desse segmento: a Taesa. 

A companhia é focada no setor de transmissão de energia elétrica, o mais estável de todos os segmentos do setor elétrico. Isso acontece porque as transmissoras não recebem por volume que “transportam”, mas sim sobre qual tempo eles possuem as suas redes disponíveis, ou seja, mesmo que o consumo de energia caia (ou suba) a Taesa só precisa deixar as redes disponíveis para a utilização e receberá por isso, simples assim.

Dois indicadores que mostram a qualidade da empresa é a sua margem líquida (a relação entre o lucro líquido e a receita operacional) que é acima de 60%, ou seja, para cada real que ela recebe, 60 centavos viram lucro! Outro indicador que apresenta a oportunidade existente é o P/L, que se encontra levemente acima de 6.

Selecionei a dedo as minhas top cinco ações para dividendos para falar neste artigo. Lembrando que os dividendos são isentos de Imposto de Renda no Brasil, sendo mais um motivo para você não perder tempo e começar a investir nesses ativos!

Para quem gosta de analisar ações, tenho uma super notícia! Estamos elaborando um curso voltado à análise fundamentalista de ações, que será ministrado por mim.

Para não perder a oportunidade, clique aqui e faça sua pré-inscrição. Não custa nada e você será avisado quando abrirmos as inscrições!

Ah, você também pode me acompanhar no Instagram. O meu perfil é @thiagoboll 

Abraços!

Thiago Boll 

Professor Jovens na Bolsa e Analista CNPI