3 investimentos para iniciantes

Tempo de leitura

3 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Como começar a investir é uma dúvida de muitas pessoas que se preocupam com o futuro financeiro e querem fazer algo a respeito. Embora ser investidor ainda soe como uma possibilidade distante para alguns, queremos mostrar que existem muitas formas para começar a investir, unindo segurança e bons rendimentos.

Antes de entrar no tema, é preciso ter uma conta aberta em uma corretora para realizar os seus investimentos. Você pode abrir a sua conta gratuitamente, e ainda contar com a ajuda dos nossos assessores para entender melhor como funciona o mercado clicando aqui. 

Saiba como escolher a sua corretora de investimentos

Quem ainda não começou a pensar em uma carteira de investimentos, possivelmente ainda deve deixar o dinheiro na poupança, e apesar da poupança ser favorecida com a alta da taxa básica de juros (a Selic), os rendimentos estão longe de serem satisfatórios.

Por que isso acontece? Hoje, a poupança rende 70% do CDI. O CDI é uma taxa de referência que usamos para a taxa Selic – a taxa que observamos no jornal subindo nos últimos meses, por determinação do Banco Central.

Como um exemplo simples, se você deseja vender um celular no valor de R$5.000, e oferecem 70% do valor do aparelho, você venderia? Em outras palavras, venderia um celular que custa R$5.000, por R$3.500? É isso o que acontece com o dinheiro na poupança atualmente.

O CDI é um termo técnico do mercado financeiro, que não é necessário se preocupar agora. Atrelado à taxa SELIC, aproximado e quase a mesma coisa.

Três investimentos para iniciantes

Após abrir a sua conta,

  • Tesouro Selic: Basicamente, ao investir no Tesouro Selic, o investidor será um financiador do Poder Público, ou seja, ele empresta dinheiro para o governo brasileiro. É um dos investimentos mais seguros que temos.
  • Fundos de renda fixa: Mais especificamente crédito privado. Na prática, o crédito privado nada mais é do que o gestor comprar no mercado financeiro alguns títulos de renda fixa que são especificamente de empresas que estão precisando de dinheiro para financiamentos, ou para melhorar o seu negócio em troca de rentabilidade.

Saiba mais sobre como investir no tesouro selic

Na plataforma do Tesouro Selic, temos títulos negociados, um a R$109,27 e outro a R$110,45. Dessa forma, é nítido se tratar de um título cessível para qualquer pessoa fazer o seu primeiro investimento.

  • CDB: Um ponto inicial para começar a se expor no mercado financeiro.

É um certificado de depósito bancário. Neste caso, o investidor está emprestando dinheiro para o banco. 

Também há um vídeo explicando um pouco mais sobre esse termo do mercado e como funciona esse investimento. (https://www.youtube.com/watch?v=D1KC2HRBjXQ)

O CDB é parecido com a poupança, mas rende 100% do CDI, ou seja, 100% da SELIC. Caso você ainda coloque dinheiro na poupança, convidamos para fazer um experimento e investir o seu dinheiro no CDB. Os seus rendimentos serão maiores, com segurança de rentabilidade. Qualquer pessoa pode começar por esse tipo de investimento. 

Fundos de renda fixa: Mais especificamente crédito privado, na prática, o crédito privado nada mais é do que o gestor comprar no mercado financeiro alguns títulos de renda fixa que são especificamente de empresas que estão precisando de dinheiro para financiamentos, ou para melhorar o seu negócio em troca de rentabilidade. 

Esse fundo de investimento leva o nome como “crédito privado”, que são basicamente empresas que precisam de dinheiro para poder financiar ou até promover algum tipo de melhoria dentro dela. 

Um fundo bastante utilizado é o ARX Vinson (lembrando que isso não é uma recomendação, antes de investir, abra a conta e pergunte se faz sentido diante do seu perfil). 

Um dado interessante, é que por mais que ele seja de renda fixa, não rende à taxa básica SELIC (100%).

Um fundo de investimento em renda fixa e crédito privado, o gestor precisa superar o CDI, ou seja, ele precisa dar mais 100% do CDI. 

Exemplo: 

Interface gráfica do usuário

Descrição gerada automaticamente com confiança baixa

Em 2021, está entregando até o momento 277% do CDI, ou seja, os 100% falados anteriormente, superou praticamente o dobro do que foi aquela taxa. E mais especificamente, esses 277% do CDI equivalem a 5.72%. 

Em relação ao exemplo dado do fundo de investimento, a rentabilidade passada desse fundo não é garantia de uma rentabilidade futura, por mais que o gestor busque sempre se superar, isso vai variar conforme o mercado financeiro.

O fundo, leva o mínimo de investimento de R$1.000, um pouco diferente do Tesouro Selic, que tem o mínimo de mais ou menos R$100,00. 

*Todas as informações estão atreladas aos valores no dia desta publicação.

Gostou desse conteúdo? Nossos assessores podem te dar dicas valiosas sobre investimentos. Quer saber como? Basta preencher o formulário abaixo.