As 5 melhores ações pagadoras de dividendos

Tempo de leitura

3 min

Tamanho da fonte

Aa

Aa

Aa

Quais as melhores ações para receber dividendos? De quais setores essas ações são e qual é o principal indicador utilizado nesse tipo de estratégia de carteira?

Dividendos ou juros sobre capital próprio nada mais é do que a distribuição dos lucros que uma empresa faz através das suas ações para os seus acionistas.  

O dividendo é isento de imposto de renda na pessoa física, então, o valor que o investidor recebe já é líquido de imposto. Já os juros sobre capital próprio são cobrados até 15% do recebimento correspondente ao valor que o investidor recebe. Então, em ambos os casos, dividendos, e o juros sobre capital próprio, nada mais são do que a empresa distribuindo seus resultados ou a sua disponibilidade dentre os acionistas.

Quando uma ação negociada em bolsa distribui dividendos, observa-se primeiro a chamada Data Ex – aquela data na qual se você tiver ação você terá o direito de receber o dividendo – ou seja, se o investidor dormir com a ação naquele dia, vai receber uma data futura, geralmente já pré-programada quando existe a divulgação de resultados e o dinheiro cai diretamente na conta. 

Agora, um indicador muito importante que os analistas e investidores olham quando estão procurando ações de dividendos: o Yield. Trata-se de uma conta de uma ação que pagou dividendo e juros sobre capital próprio ao longo do ano, ou que tem a perspectiva de receber. A divisão é feita pelo valor da ação. 

Por exemplo, se o investidor tem a perspectiva de receber R$10,00 por ação, e o preço da empresa é de R$100,00, o  Yield calculado (R$10,00/R$100,00), vai ser de 10%. Então, tendo as ações do período de um ano, a perspectiva é receber 10% sobre o valor da ação ao longo daquele ano. 

Obviamente, quanto maior  Yield,  maior o dividendo que a empresa paga com relação ao preço, por isso, é uma proporção. Geralmente, atribui-se um Yield bom e alto entre 5 até 10%, acaba sendo um percentual bastante aceito para esse tipo de estratégia. 

Quais setores pagam os melhores dividendos?

Os setores que normalmente pagam os melhores dividendos são empresas do setor elétrico, que geralmente aparecem mais de uma vez na carteira de dividendos. Neste nicho existe a parte de geração, distribuição e transmissão de energia. Em ambos os casos, costumam pagar bons dividendos. 

Uma característica deste setor é que normalmente se tem um grande investimento no início do projeto. Por exemplo, quando é necessário construir uma usina, para fazer uma grande linha de transmissão. Ao longo de 10, 20 ou 30 anos, o investidor vai apenas colher os resultados daquele setor, o lucro e a rentabilidade. 

Normalmente são empresas e projetos muito previsíveis e muito estáveis no consumo, oscilando pouco em todas as economias. Essas empresas têm projetos e contratos de longo prazo, sendo mais fácil prever o quanto lucro será gerado no período. 

Saiba como investir na bolsa americana

Um segundo exemplo é o setor bancário. Os grandes bancos, principalmente no Brasil, costumam pagar bons dividendos, mas isso não é uma regra. É possível ter grandes bancos ou ações, papéis de bancos que não pagam bons dividendos. Mas, no Brasil, historicamente quando vemos os maiores bancos, como o Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, estes costumam ter um bom Yield. 

Por último, o setor de saneamento e de commodities também pagam bons dividendos porque são cíclicos, ou seja, são menos previsíveis. Hoje é possível saber, por exemplo, que a Petrobras e a Vale, no ano de 2020 e 2021, obtiveram excelentes resultados, e vão pagar aos seus acionistas um dividendo alto. Porém, há tempos de “vacas magras” que podem deixar de pagar dividendos, logo, nem sempre esse tipo de setor costuma aparecer nas carteiras que se recomenda para obter dividendos. 

Um ponto em comum dessas empresas é que, em sua maioria, são maduras e precisam realizar menos investimentos. Ao pensar em uma empresa que está crescendo muito, precisando contratar e fazer novos projetos, por mais que ela obtenha bastante lucro, sempre reinvestindo, ela deve pagar menos dividendo porque está reutilizando os seus lucros para continuar crescendo. 

Quando falamos de uma empresa que está em um setor maduro, como o setor elétrico, que planeja e depois aguarda para colher o resultado, e acaba não reinvestindo e todo lucro que tem, pode simplesmente distribuir, sendo estas algumas das características fundamentais de empresas boas pagadoras de dividendos.

As “vaquinhas” que deram mais leite em setembro

O  termo “vacas leiteiras” também é usado para descrever ações que costumam pagar bons dividendos. Por exemplo, a carteira recomendada de dividendos da XP para o mês de setembro de 2021, destacou cinco ações que renderam bons resultados aos acionistas.

  1. COPEL
  2. Banco do Brasil
  3. Engie Brasil
  4. AES Brasil
  5. Taesa

Entre as cinco empresas citadas pela XP, quatro são do setor elétrico, por ser o setor mais procurado para esse tipo de estratégia, e a outra é um grande banco, o Banco do Brasil. 

Apenas como ponto de atenção, às ações não pagam todo mês o mesmo valor. Às vezes, uma ação pode pagar apenas uma vez no ano, de uma vez só, geralmente o setor bancário costuma pagar a cada um ou a cada dois meses. Logo, é importante observar sempre o ano, pois não é uma conta com um valor exato todo mês. 

Paulo Cunha é CEO da iHUB Investimentos

Quer saber mais sobre lucros e dividendos? Entre em contato pelo formulário abaixo: